Derrube os mitos das redes sociais

Quem trabalha com mídias sociais lida constantemente com o comportamento das marcas e ações de marketing contínuas. Para isso, é preciso uma estratégia eficaz que não seja construída em desculpas ou atrasos, pois a eficácia do resultado é transparecer o que justamente a internet oferece: o caráter imediatista que reflete na tela qual o direcionamento de sua empresa.

 

Para alguns empresários, as redes sociais ainda são um mistério, já que não sabem como funciona ou qual a finalidade para o cliente. Nós da Fabulosa Ideia ajudamos você a identificar cinco mitos das mídias sociais para não cair em nenhuma roubada:

 

#1 – “Ok, já vou configurar a página”

Criar uma página no Facebook não significa que o trabalho foi feito. Aliás, é aí que o trabalho verdadeiro começa. Depois de criado o ambiente, é que você precisa efetivamente construir seu público, envolver mais pessoas, aprender com outros usuários, e claro, oferecer conteúdos de valor. Tudo isso leva tempo e esforço, por isso, lembre-se: páginas adormecidas, sem atualização, ferem mais do que curam. Se não está disposto a investir tempo em mídias sociais, melhor nem começar.

 

#2 – “Vou trabalhar nisso quando tiver mais tempo”

Todo tempo é tempo. Mídias sociais funcionam como uma conversa, portanto não podem ser unilaterais. É através das redes que encontramos clientes potenciais e construímos credibilidade. Esse delicado equilíbrio será sim de erros e acertos, até que você identifique as necessidades de seu público, que muda e cresce o tempo todo, portanto, refine seu plano continuamente e nunca deixe de trabalhar nisso.

 

#3 – “Eu não preciso de mídia social”

Claro que precisa! Está certo, algumas empresas encontram mais seu nicho do que outras, como por exemplo, uma cafeteria ter mais relevância que um encanador no Facebook. Mas de qualquer forma, o momento é de ter seu nome divulgado em todas as partes, responder a potenciais clientes e iniciar um diálogo com quem não o conhece, independente de seu negócio. Se você não utiliza redes sociais, seja para qual for seu expertise, você está ultrapassado.

 

#4 – “Eu farei o que o Fulano faz”

Determine o seu objetivo. Não estamos falando de conseguir mais dinheiro e obter mais vendas, que é um consenso geral, mas sim de marketing e posicionamento de marca. Quer aumentar o tráfego do seu site? Gerar consciência para seus produtos? Dar mais relevância ao seu nome? Criar buzz? Estabeleça seu limite e o que você deseja e então pode começar a trazer as pessoas para as portas do seu negócio. Estabeleça um canal social que seja mais adequado para atender a esses objetivos. Crie um plano de marketing personalizado, você é você, e não o fulano. O que funciona com seu vizinho pode não funcionar com você.

 

#5 – “Quero manter meu negócio separado de minha vida pessoal”

Talvez esse mito seja o mais difícil de derrubar para o mundo corporativo, especialmente onde a mentalidade empresarial ainda está engessada. Mídias sociais são um negócio, com pessoas por trás! As pessoas precisam saber quem você é para gostar do que você apresenta, correto? Quando uma agência é responsável pelo conteúdo (como o que trabalhamos aqui na Fabulosa Ideia), é importante que seu público saiba quem é que está trabalhando sua marca. Tem uma assessoria ou uma agência cuidando de suas redes? Divulgue, nunca esconda. Outra maneira eficaz de criar identificação com o público é revelando quem é o gestor de determinada marca. Publique fotos suas e de sua equipe, deixe-se conhecer. Você é o seu negócio.

 

*Informações traduzidas e adaptadas do Social Media Today

Posts relacionados:



Deixe uma resposta