Desculpas furadas para não investir em mídia social

Algumas marcas ainda tem medo de abrir as suas portas para as mídias sociais. No geral, as pequenas empresas preferem manter os métodos tradicionais de marketing, pois acreditam que é mais fácil de controlar a estratégia de comunicação.

 

Bem, tudo isso mudou. Atualmente as pessoas podem falar sobre a sua marca e o seu produtos mesmo sem a sua participação. Ou seja, os usuários das redes são consumidores e influenciam uns aos outros independente de você estar ou não participando da conversa.

Confira abaixo outras desculpas furadas para não investir em Mídias Sociais, todas elas desmistificadas pelo Memeburn.

 

 

1. A rede social é pública

 

A mídia social permite que qualquer um seja um jornalista cidadão com o seu próprio megafone para amplificar a mensagem em sua própria rede.

 

Assim, um cliente que tenha experimentado um serviço ruim pode distribuir compartilhar rapidamente a sua experiência negativa. Ok, este é um lado do negócio. Porém, a natureza pública da rede permite que você interaja com os clientes e melhore o seu serviço.

 

 

2. A mídia social não fornece qualquer ROI

 

Medir os resultados de uma campanha em mídias sociais pode ser um desafio para muitos, porque não há um caminho claro para medir o ROI. Isso é verdade. Porém, as mídias sociais não deve ser um componente autônomo para o seu negócio.

 

O segredo aqui, para obter os melhores resultados, é integrar a sua campanha de mídia com as suas outras iniciativas de marketing para fortalecer os resultados globais da sua mensagem.

 

 

3. Qualquer um pode fazer

 

Muitos ainda acreditam que o marketing de mídia social pode ser feito por qualquer pessoa com um mínimo de tempo extra em suas mãos. Embora a maioria dos canais de mídia social seja gratuita, é preciso tempo e esforço para obter os melhores resultados.

 

Em vez de dar essa responsabilidade para o “estagiário”, contrate uma empresa para gerenciar os canais.

 

 

4. Nosso branding e comunicação serão inconsistentes

 

Estabeleça diretrizes para apoiar sua campanha de mídia social. Nunca se esqueça de determinar uma unidade para a voz da marca, vídeo, e fotografias. Vale também distribuir um guia entre os funcionários para que eles saibam como agir quando citarem a marca nas redes sociais.

 

 

5. Não seremos capazes de controlar a nossa mensagem

 

Construa um canal ativo para garantir que você comunique-se rapidamente e responda à conversa em curso. Apresente sua perspectiva sobre o tema, faça parte da conversa ao invés de ignorá-la.

 

 

6. É difícil manter uma boa imagem online

 

O aspecto de tempo real das mídias sociais permite rapidamente manter ou destruir uma reputação. Por isso é importante ter uma equipe preparada para enfrentar uma crise de social media e responder rapidamente.

 

Uma crise não é impossível de ser contornada, só exige preparo. E o mais importante: ela pode acontecer independentemente de a sua marca estar nas redes ou não.

 

 

7. Temos medo de ser transparente

 

Transparência não significa que você deve dizer a todos os seus segredos para o mundo.

 

Esteja aberto e transparente sobre as práticas de negócio e pronto. Lembre-se que as pessoas querem fazer negócios com pessoas reais, que elas conhecem e confiam. Procure adicionar uma voz humana à sua mensagem de marketing.

 

Posts relacionados:
>>> Porto Alegre recebe seminário sobre business de moda com CEOs de grandes marcas
>>> Instagram agora permite likes e comments direto do navegador
>>> Por que valorizar os usuários inativos do Twitter

Posts relacionados:



Deixe uma resposta