Inteligência social para as redes sociais

A matéria de capa da revista Isto É dessa semana fala em inteligência social e como o bons relacionamentos interpessoais pode garantir o sucesso na vida pessoal e profissional.

A socialização é um dos itens principais para quem busca novos negócios e quer aumentar seu networking. Sabemos que muito do que conquistamos vem com um bom papo e uma boa apresentação de ideias. Mas como aqui exploramos ao máximo o tema das mídias sociais, vamos incorporar as seis habilidades que a Isto É deu para um bom relacionamento para mostrar como essa adaptação pode ser feita nas redes sociais – seja em nossos perfis corporativos, no conteúdo digital ou ainda, em ações focadas:

 

1. Comunicação
Uma boa comunicação não deixa qualquer vestígio de desentendimento. A prática da comunicação é o principal objetivo das redes sociais, por isso, saiba a importância de interagir com seu público em todos os momentos. É claro que no início você ainda está identificando seu receptor, por isso, não tenha medo da velha conversa jogada fora: quando criar seu perfil corporativo vale interagir em todos os momentos, comentar do que acontece ao redor, e claro, saber ouvir;

 

2. Empatia
Empatia na web é compartilhar os mesmos gostos, vídeos, imagens, opiniões. Se o seu público-alvo adora sustentabilidade, por exemplo, interaja sempre com este tema, porém buscando amplitude. Ninguém gosta de quem fala sempre sobre os mesmos assuntos o tempo todo;

3. Comunicação não-verbal
Claro que este passo é um pouco mais difícil de adaptar para as redes sociais, já que fala de linguagem corporal, mas em vez disso, que tal relacionar mídias? Se você não tem o que dizer, mas encontrou um vídeo muito expressivo que dá a ideia que você queria transmitir, publique-o! O conteúdo digital tem a vantagem de ser multimídia, ou seja, não há limites para as formas de comunicação!

 

 


4. Assertividade
Ser direto não é ser grosseiro. Se você é responsável por relacionar-se com clientes e consumidores nas redes, deve ter em mente que, quando questionada, sua marca deve ser sempre franca e responder o necessário. Sem rodeios, sem justificativas, apenas moderar o tom da conversa e saber desenvolver tudo da melhor maneira. Se discordar do seu público-alvo, seja forme, mas não compre a briga: rede social é o ponto preferido para discussão dos esquentadinhos;

 

5. Feedback
Faz parte da interação saber onde errou/acertou. Por isso, quando postarem ou enviarem elogios, comente e agradeça, mas quando receber críticas, questione e repare caso necessário. Não critique o outro, pois você é o produto, e quando quiser ter um diálogo mais direto, comece com retornos positivos, enfatizando o que existe de bom no seu negócio;

 

6. Autoapresentação
A primeira impressão é a que fica em qualquer lugar, inclusive nas redes sociais. Cuide da sua marca com layouts definidos, logomarcas corretas, e chame a atenção: para isso não precisa ter gifs animados pulando na tela, basta ter um bom conteúdo digital e agregar valor ao que está dizendo.

 

Posts relacionados:

>>> Agende-se: Eventos de mídias sociais em 2012

>>> Vídeo: Trendhunter fala sobre comportamentos nas redes sociais

>>> Entrevista: Fabulosa Ideia fala sobre treinamento em redes sociais

Posts relacionados:



Deixe uma resposta