Marketing e Geolocalização e o que Bob Dylan tem a ver com isso

Bob Dylan parecia não ser um grande fã de tecnologia.

 

Em 2006, ele se queixou a Rolling Stone que ninguém tinha feito um disco que parecesse decente nos últimos 20 anos devido àse modernas técnicas de gravação. Disse ainda que os CD’s eram muito pequenos e que não oferecia suporte para qualidade sonora.

Por isso, surpreende que cada vez mais o músico esteja se rendendo às mídias sociais. Para quem não lembra, em 2007 ele apostou em um aplicativo do Facebook para promover as músicas do álbum Dylan’s Greatest Songs.

 

Pois agora Dylan surpreendeu mais uma vez ao usar um aplicativo de geolocalização para promover seu mais recente álbumTempest .

 

Vale lembrar que este não é o primeiro artista clássico de rock a abraçar as mídias sociais. Ano passado os Beach Boys criaram um crowdsourcing para produzir os primeiros vídeos oficiais para Good Vibrations e Heroes And Villains, na tentativa de gerar um buzz em torno da reedição do SMiLE Sessions, o álbum até então nunca concluído.

 

Voltando ao Bob Dylan, o aplicativo Sound Graffiti pode ser acessado no listentobobdylan.com (mas só através de seu celular – você não pode baixá-lo a partir de um desktop) e permite que os fãs desbloqueiem gratuitamente as músicas do álbum ao visitarem determinados lugares.

Mais de 100 locais foram marcados em todo o mundo.

 

Lojas de discos e outros pontos especiais, como o lugar onde Dylan tocou guitarra pela primeira vez no palco, foram escolhidos para fazer parte da brincadeira.

 

Pois se até quem nunca foi artista das massas está se rendendo à geolocalização, será que não é hora de começar a pensar em algumas ações para a sua marca? Aproveita e confere algumas dicas aqui.

 

* Com informações do Mashable.

 

Posts relacionados:

>>> Demografia social: idade e gênero dos usuários de 24 sites

>>> Cinco coisas que você não sabia que podia fazer no LinkedIn

>>> Quem precisa de um site quando é possível ter uma fanpage?

Posts relacionados:



Deixe uma resposta