Uma agência que não acredita no digital: confira o viral “Komodo”

Volta e meia a gente fala por aqui sobre a repercussão das campanhas virais: algumas com um resultado bem bacana e outras nem tanto. Pois o post de hoje se encaixa na primeira hipótese: vamos falar da excelente campanha do IAB Brasil.

 

imaginou uma agência nos dias de hoje que não acreditasse no potencial da propaganda online, chegando ao cúmulo de comprar um domínio só pra que ninguém mais pudesse usar?

 

Pois é essa a filosofia da Komodo, uma agência que não acredita no online e despreza o digital. Vários anúncios foram veiculados na mídia (inclusive impressa) causando burburinho sobre essa “nova” agência.

Dias depois da veiculação dos anúncios, a Komodo foi admitida publicamente como uma criação fictícia do IAB Brasil, tudo planejado pela DM9DDB.

 

A ação foi motivada pela existência ainda de agências e profissionais que seguram clientes tentando evitar o foco no digital sem diferir o online do offline. Mesmo com o Brasil sendo o 2º país mais conectado e o que mais utiliza as Redes Sociais, o investimento em digital fica abaixo do esperado.

E além do mote da campanha, que a gente mais do que adorou, os resultados também parecem super bons.

 

De acordo com o release divulgado, em apenas 3 dias a campanha rendeu: 1,2 milhão de impactos potenciais no Twitter, 88 mil usuários únicos potenciais em mídia espontânea, 30 mil views no YouTube, 3,2 compartilhamentos nas redes sociais e mais de 500% de aumento de visitas ao site do IAB.

 

Taí, nada como um viral bem bolado. Ah, não deixe de conferir a campanha da “Agência Komodo” no Youtube.

 

 

Posts relacionados:

>>> Recordar é viver: virais empresariais que deram o que falar

>>> Epic Fails do marketing viral

>>> Ainda sobre Olimpíadas: a boa jogada da Nike

Posts relacionados:



Deixe uma resposta